Reportagens (Memória do Projeto Kalunga)

Reportagens:

“Ruma a Angola” (Jornal do Brasil)

Comentário: Dos jornais e revistas pesquisados no período (O Globo, Jornal do Brasil, Folha de São Paulo, Estado de São Paulo, Revista Isto É, Revista Veja) o colunista social Zózimo Barroso do Amaral foi o único a noticiar, na sua coluna no JB, a viagem dos músicos brasileiros para Angola.

zozimo

“Angola conhece música brasileira” (Folha de São Paulo)

Comentário: Publicada no dia 14 de maio de 1980, esta pequena reportagem e uma outra publicada no mesmo dia, em O Globo, e de conteúdo semelhante, são as únicas resportagens sobre o Projeto Kalunga nos jornais brasileiros da época. O motivo da coincidência das datas é que ambas as reportagens foram escritas a partir de uma nota emitida pela agencia portuguesa de notícias. Vale lembrar que apesar de viver um momento de democratização o Brasil ainda vivia sob censura política.

reportagem

“Projeto Kalunga: a música brasileira em Angola” (O Globo)

Comentário: Trata-se da reportagem também publicada no dia 14 de maio de 1980,  escrita com base na nota da agencia portuguesa de notícias.

oglobo

globo_kalunga

“Descobri que não sou um artista de palco”. (Jornal Movimento)

Comentário: Esta entrevista com Chico Buarque foi publicada pela jornalista Dulce Tupy, que integrou a caravana do Projeto Kalunga.

Revista Movimento

“Foi bonita a festa pá…” (Revista Módulo)

Comentário: Diário do Projeto Kalunga, publicado na imprensa alternativa por Dulce Tupy.

Foi bonita a festa, pá – Pag 10001

Foi bonita a festa, pá – Pág 20001

Foi bonita a festa, pá – Pág 30001

Foi bonita a festa, pá – Pág 40001