Januário Garcia

O Museu Afro Digital Rio manifesta, com profundo pesar, o falecimento de um dos grandes fotógrafos brasileiros: Januário Garcia. Vítima de complicações em decorrência da Covid-19. Januário é uma referência na militância negra e na fotografia, onde atuou durante grande parte de seus 77 anos de vida. Documentar a vida da população negra no Brasil, foi um de seus grandes feitos, rendendo premiações nacionais e internacionais, além de expor sua arte nas galerias de diversos países no mundo. Trabalhou nas redações de grandes veículos da impressa carioca, fotografou grandes álbuns da música popular brasileira, como: “Metades”, de Leci Brandão, e “Alucinação”, de Belchior, participou de livros voltados para a temática Negra, “Diásporas africanas na América do Sul”, “25 anos do Movimento Negro” e “História dos quilombos no estado do Rio de Janeiro”.Um saudoso abraço à família, amigos e admiradores, e todo o nosso carinho e reconhecimento ao grande mestre Januário Garcia. Gratidão a sua presença e memórias, que seguirão como um legado em nossas vidas.

Instagram: @januariogarciaoficial

Site: https://www.januariogarcia.com.br/