O mais antigo terreiro ijexá do Brasil agora é patrimônio cultural de Salvador

(Foto: Betto Jr./CORREIO)

“Na capital baiana, não passam de 15 os terreiros da Nação Ijexá. O endereço do terreiro remete ao passado do povo ijexá, habitante em massa do Subúrbio Ferroviário de Salvador, local afastado, como pedia a marginalidade da situação de muitos deles”.